segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

O poder da saia

O verão possui muitos atrativos! Dias mais longos, sol até as 7 horas da noite, calor, praia, mais disposição. Claro que há aqueles que prefiram um friozinho debaixo do cobertor, comida, chocolate quente com pipoca. Mas algo que há de ser consenso geral é a importância da saia no verão.

Mulheres não têm muita noção do poder que uma saia possui. E não estou aqui falando daquelas minissaias que de tão curtas parecem mais cintos. Falo de saias em geral, curtas ou compridas. As de renda, as compridas de forró, as saias jeans, as de tricô... Elas incitam a imaginação dos homens e são muitas vezes mais sexy do que um biquíni, que não escondem nada. O interessante é o mistério.

A história da saia é antiga, desde 3000 a.C., mas para meus propósitos, a época dos nossos avós em que as mulheres andavam todas cobertas já me serve. Imagina que disparate sair de casa, em meados de 1900, com o tornozelo aparecendo? “Que audácia!”, diriam. Muitas mulheres que mostravam os antebraços, um pedacinho que fosse, já eram consideradas modernas demais, e acabavam passeando pelos pensamentos juvenis da vizinhança masculina. Lá pela década de 50, quando as mulheres começaram a entrar para o mercado de trabalho, as coisas mudaram. Elas agora queriam se libertar, então surgiram os movimentos feministas, e as saias começaram a diminuir. Aos poucos apareciam a mão, os braços, os pés, as canelas... até chegar na mini-saia na década de 60. Agora sim o mundo havia se encontrado! As pernas de fora, pra cima do joelho! Então na década de 70 vieram mais duas vertentes: o psicodelismo com saias de cortes estranhos e bastante coloridas, e o movimento hippie, com saias longas. Daí em diante, qualquer coisa podia.

Tanto podia que as mulheres começaram a ficar mais ousadas (ou sem pudor) e começaram a usar roupas cada vez menores. Aparecia tudo ao mesmo tempo ou, na verdade, não se escondia muita coisa. Mini-saia e tomara-que-caia rosa, com a barriga de fora. E virou moda, todo mundo usou. Depois, quando viram que estava ficando muito vulgar, resolveram esconder tudo de novo, colocando calça jeans por debaixo da saia. E virou moda.

Eu sou assim meio atrasadão, conservador, reacionário. Gosto da época em que o mistério ainda pairava no ar, que a saia mostrava o necessário e escondia o principal. Gosto da inocência, do decote contido, mas ainda sim provocante. O frio tem seus encantos também, as roupas são realmente mais bonitas. Casacos grossos, cachecol, luvas e gorros, todo aquele clima meio europeu. Mas bonito mesmo é ver aquela garota de saia, passeando na calçada, em uma tarde de verão, num doce balanço a caminho do mar...

9 Comments:

Chapolim said...

Gosto daquelas saias que tem o poder da revelação...
Que depois de muito esforço para descobrir uma simples cor... vê-se que não há cor...

Cy said...

Bom!
Vim dar o ar da minha 'graça' já que você me disse que esse texto teria alguma identificação cmg,hahaha!

Mas tá ai,gostei do texto =)

beijosbeijos!

Eek! said...

to na neve, vendo gente coberta ate a cabeca, e vc me fala de saia?

TE ODEIO!

Dédy said...

achei quase perfeito o texto, mas vindo de um homem, é perfeito, já que teoricamente homens nao usam saias, não aki no brasil...
a saia é mais que um atrativo, surgiu em um momento onde as melheres desejavam liberdade e é assim que me sinto quando estou de saia, LIVRE!
bjo!

'cassinha' said...

sabe... eu tô 'siacabando' com o inverno europeu. acho tao bonita essa coisa mesmo que vc falou: cachecol, luvas, casacos... mas o que eu gosto mesmo é do que vc nao gosta, meia calca (duas por causa do frio) e vestido por cima. ou calca jeans, bota e vestido. mas pense bem... nesse frio, é o que me resta, é o que me deixa misteriosa!

Natasha said...

UHAUHuhauHUHA 5 minutos pra 1 da manhã e estou lendo algo sobre saias! ÉH! realmente as saias... o meio ambiente uhauhUHAUhuahUHA

Li a primeira e a última frase e acho que eh um belo resumo desse texto...

E voto mais no fotolog! Ah! =D

Bjusssss

ixee acabei de descobrir q tnehu desse tb hahahaha

Ana Flávia said...

Alef!!!
adorei o q vc escreveu... vc escreve super bem!
Quanto à saia, eu tbm adoro usá-las hehe! E realmente, as mulheres estão cada vez mais vulgares e faltando o respeito com si mesmas.
Bjoooo

Edwin said...

Viva a saia!!!!

Rocio said...

Eu amo essas coisas, eu gosto bastante do texto que está escrito aqui, eu nunca tinha pensado nisso, eu espero que em algum momento podem ter uma nova esperança também comprar uns óculos vogue